sexta-feira, 22 de julho de 2011

Poodle enfrenta dois rottweilers para salvar dona que estava sendo atacada no Paraná

Maria Helena e Manchinha, o poodle que a salvou do ataque de dois rottweilers em Maringá (PR)


A aposentada Maria Helena da Silva, 65, foi salva em Maringá (428 km de Curitiba), no noroeste do Paraná, pelo próprio cachorro de estimação, da raça poodle, apelidado de “Manchinha”, quando dois cães da raça rottweiller fugiram de uma casa vizinha e passaram a atacá-la na rua.
Ao ver a proprietária sendo derrubada e mordida nas pernas pelos dois cães, Manchinha partiu para a briga e conseguiu desviar a atenção dos cachorros, que deixaram a mulher no chão e partiram para cima do poodle. O ataque aconteceu no último domingo (17).
Alertados pelo barulho da briga dos cães, moradores das outras casas conseguiram evitar que Manchinha fosse dilacerado pelos dois rottweilers. A aposentada teve apenas leves escoriações nas pernas. Manchinha foi internado em estado grave numa clínica veterinária da cidade.
“Nunca passei por algo assim. Se não fosse aquele cachorrinho, eu é que tinha sido dilarecerada”, disse a aposentada, que também usa o poodle, de oito anos de idade, como cão guia, já que ela tem apenas 20% da visão, sequela de um AVC (acidente vascular cerebral).

Fonte: uol noticias

2 comentários:

  1. Muito obrigad pela visita, volte sempre que desejar.

    Parabéns pelo blog.
    Uma boa tarde

    ResponderExcluir